No sétimo dia do evento, realizado no Riocentro, convidados também conversarão sobre a ciência no dia a dia e a grande influência das youtubers.

A Bienal do Rio 2019 chega ao sétimo dia com uma homenagem especial ao maior nome da história da literatura infantil brasileira – Monteiro Lobato terá sua obra analisada pelos escritores Pedro Bandeira e Marisa Lajolo. O diálogo será mediado pela escritora e dramaturga Karen Acioly. Será às 13h, Café Literário, Pavilhão Azul.

Também no Café Literário, às 15h, o neurocientista Sidarta Ribeiro e os jornalistas Reginaldo José Lopes e Alexandre Versignassi vão conversar sobre a ciência no dia a dia.

Neurocientista Sidarta Ribeiro estará no Café Literário - ele vai debater sobre a ciência no dia a dia. — Foto: Rafael Barbosa/G1
Neurocientista Sidarta Ribeiro estará no Café Literário – ele vai debater sobre a ciência no dia a dia. — Foto: Rafael Barbosa/G1

Também às 15h, na Arena#SemFiltro, Pavilhão Verde, Bruno Miranda, Enaldinho e Bic Muller falarão sobre a linguagem do humor para a internet. A mediação será do jornalista da GloboNews, Marcelo Lins.

Às 19h, no Encontro com Autores, Pavilhão Verde, o escritor Filipe Vilicic, autor de “O clube dos youtubers”, sobre o maior fenômeno recente da internet, conversará com Antonio “Kibe” Tabet, um dos criadores do Porta dos Fundos – ele foi um dos mais de 100 youtubers ouvidos para a obra.

No encontro, Tabet vai falar como o YouTube mudou a forma de se fazer comédia e revolucionou o entretenimento.