Apple diz que a Epic Games burlou as regras do iOS ao criar um sistema de pagamento próprio dentro do jogo. Jogo também foi excluído da Play Store, do Google.

'Fortnite' é sucesso do gênero 'battle royale' — Foto: Divulgação
'Fortnite' é sucesso do gênero 'battle royale' — Foto: Divulgação

A versão para dispositivos móveis do game “Fortnite” foi excluída das lojas de aplicativos da Apple e da Google nesta quinta-feira (13). As empresas dizem que o jogo violou suas regras.

Em resposta, a desenvolvedora Epic Games entrou com uma ação contra a fabricante do iPhone.

As medidas foram tomadas após a Epic criar um sistema interno de pagamento no jogo, um dos mais populares do mundo.

Os sistemas das lojas direcionam 30% das transações para as empresas, e a medida foi vista como uma tentativa de driblar essa divisão.

O documento da ação movida pela Epic foi divulgado publicamente, e cita práticas “anti-competitivas” e “monopolistas” da Apple. A desenvolvedora ainda não se pronunciou sobre a Play Store.

Mesmo fora da loja do Google, o jogo ainda pode ser baixado para aparelhos Android através do aplicativo da Epic.

A empresa de games também divulgou uma paródia de um clássico anúncio da Apple, ironizando a exclusão de “Fortnite”.