Versão reduzida da Game XP leva à Cidade do Rock jogos clássicos como 'Mortal Kombat' e 'Contra'. 'Passo um tempo jogando enquanto espero pelos shows que quero assistir', diz 'gamer'.

Para uma boa parte das pessoas que comparecem ao Rock in Rio, a Gameplay Arena, apesar de grandiosa, pode passar despercebida. Mas é que, é claro que não é o caso do público nerd.

Versão reduzida da Game XP – a feira realizada em julho, também no Parque Olímpico -, a Game Play é uma espécie de refúgio para quem quer curtir as atrações musicais do festival, mas não abre mão de passar alguns instantes na frente de algum console.

“É bom para conciliar, não? Passo um tempo jogando enquanto espero pelos shows que quero assistir”, explicou o administrador João Henrique Matos, em poucas palavras, concentrado e sem tirar os olhos da tela onde disputava uma partida de “Mortal Kombat 11”.

Além deste, máquinas com alguns dos títulos amados pelos jogadores – como “Contra” e “The king of fighters” e “Ghost Recon Breakpoint” também atraem aficionados para a arena.

Também há outras atrações que enchem os olhos do público nerd, como uma cabine onde é possível tirar fotos com uma reprodução em tamanho real do T-800, o andróide implacável de “O vingador do futuro”.

Público joga 'Mortal Kombat' no Gameplay Arena — Foto: Carlos Brito/G1
Público joga ‘Mortal Kombat’ no Gameplay Arena — Foto: Carlos Brito/G1

Uma das diversões mais procuradas é uma versão live action do clássico “Pac-Man”. Jogadores vestidos do personagem-título tentam escapar dos inimigos fantasmas em um labirinto que simula o cenário do jogo que, na década de 1980, manteve milhões de jogadores na frente da tela em todo mundo – sobretudo na década de 1980.

“Joguei muito ‘Pac-Man’ quando criança. Não imaginava que um dia estaria aqui, dentro do labirinto dele no mundo real”, disse a fisioterapeuta Ana Silva.