Aos 81 anos, o compositor tricolor apresenta a 'Marchinha do Mister' em shows no Rio.

Foto: Marcos Michael / Divulgação
Foto: Marcos Michael / Divulgação

Aos 81 anos, João Roberto Kelly entra em campo no Carnaval de 2020 com a Marchinha do Mister. Mister é apelido de Jorge Jesus, o técnico português de futebol que tem garantido vitórias ao Flamengo desde que passou a comandar o time carioca.

Embora seja torcedor do fluminense caracterizado como “tricolor doente”, o compositor carioca louva Jesus na marchinha inédita que irá apresentar em primeira mão em shows agendados na cidade do Rio de Janeiro (RJ) para 15 de fevereiro (no Centro da Música Carioca Artur da Távola) e 19 de fevereiro (no Teatro Rival Refit).

“Ponha o Mister na Seleção / E o Brasil é campeão / A convocação / Ele resolve na hora / É o time do Flamengo / Com mais dois ou três de fora”, propõe João Roberto Kelly em versos da Marchinha do Mister.

Recorrente no Carnaval carioca, a assinatura de João Roberto Kelly – cabe lembrar – está em marchinhas antológicas como Cabeleira do Zezé (1964), Dança do bole bole (1977), Maria Sapatão (1981) e Mulata Yê Yê Yê (1964)